ATO NA URUGUAIANA: “FORA GUARDA MUNICIPAL DA FISCALIZAÇÃO DO COMÉRCIO AMBULANTE”

carro-virado-Foto ANDfoto AND

O Movimento Unido dos Camelôs junto com setores da FIP Frente Independente Popular, com o Comitê Popular da Copa e Olimpíadas RJ, com o Centro de Assessoria Popular Mariana Criola, com o pessoal da Assembleia do Largo, da Assembleia Popular e o Pablo que emprestou  a energia coordenou o show dentre os camelôs que chegaram junto e ajudaram a denunciar a violência, a corrupção da Guarda Municipal. Vamos fazer a campanha : “FORA GUARDA MUNICIPAL DA FISCALIZAÇÃO DO COMÉRCIO AMBULANTE”. temos uma Ação Civil Pública que pede a saída dos guardas municipais da fiscalização dos camelôs, pois se trata de desvio de função, também pede a proibição do uso de armas menos letais, como o taser(arma de choque elétrico) e o spray de pimenta, obtivemos uma liminar que suspende a utilização dessas armas pela Guarda Municipal.

Viva a luta pelo direito à cidade, vamos estar nas ruas para pedir o afastamento da Guarda Municipal da fiscalização do comércio ambulante.

Anúncios

4 Respostas para “ATO NA URUGUAIANA: “FORA GUARDA MUNICIPAL DA FISCALIZAÇÃO DO COMÉRCIO AMBULANTE”

  1. Se isso acontecer, será a melhor notícia do mundo pra todos os Guardas do Rio, pois ninguém gosta de fazer isso, não é obrigação nossa…

  2. Estamos nessa com vocês.

  3. Showw…adorei. Não é mesmo nossa função. Estamos nessa com vocês!

  4. CAROS SRS. DO M.U.C.A.,ENTREM EM CONTATO COM A FRENTE MANIFESTANTE DA GM RIO E TERÃO UMA GRATA SURPRESA AO VER QUE OS GUARDAS NÃO QUEREM FAZER MAIS ISSO!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s