Organizações de direitos humanos fazem missão para ouvir denúncias de camelôs no Rio de Janeiro nesta terça (9/9)

Organizações de direitos humanos fazem missão para ouvir denúncias de camelôs no Rio de Janeiro

Os trabalhadores informais do Rio de Janeiro têm tido muitas queixas sobre a atuação da Prefeitura do Rio no cerceamento do seu direito ao trabalho. Por isso, através do Movimento Unido dos Camelôs (Muca), vão organizar uma missão que contará com a presença da Plataforma Dhesca e do Comitê Popular da Copa e Olimpíadas na próxima terça-feira (9/9), no Centro da cidade.

“Nós saímos de casa cedo para batalhar o sustento das nossas famílias e ainda somos chamados de bandidos. Foi só passar a Copa que a Prefeitura aumentou a covardia contra os camelôs”, disse Maria dos Camelôs, do Muca. “A Guarda Municipal persegue os que trabalham com protocolo no Centro. O Choque de Ordem invade e destrói os depósitos, rouba mercadorias, barracas e equipamentos de trabalho. Não vamos tolerar mais essa situação”, finalizou.

As entidades oficiaram a Prefeitura do Rio e esperam ser recebidas pelo prefeito Eduardo Paes no dia seguinte à missão, na quarta-feira (10). Após essa reunião, pretende-se fazer um pronunciamento com o balanço da missão.

Os camelôs querem que haja uma revisão do recadastramento feito por Rodrigo Bethlem, ex-secretário municipal de Ordem Pública denunciado por corrupção; a construção e a legalização de depósitos para guardar barracas e mercadorias; a revisão da Lei 1876/92 na Câmara de Vereadores, para garantir o aumento de autorizações e critérios mais justos para o comércio ambulante; e que a Guarda Municipal seja afastada da fiscalização do comércio ambulante, já que essa não é sua função legal.

Quem são as organizações que vão participar da missão:

O Movimento Unido dos Camelôs é uma entidade fundada em 2003 para a defesa dos comerciantes ambulantes. O Muca vem travando sistemática luta contra os abusos de autoridade praticados pela Guarda Municipal e fiscais da Prefeitura, que fazem apreensões e extravios de mercadoria, além deagredir trabalhadores informais. >> https://movimentounidodoscamelos.wordpress.com/

A Plataforma Dhesca Brasil é uma articulação nacional de 36 movimentos e organizações da sociedade civil que desenvolve ações de promoção, defesa e reparação dos Direitos Humanos Econômicos, Sociais, Culturais e Ambientais (Dhesca), visando o fortalecimento da cidadania e a radicalização da cartazdemocracia. >> http://www.dhescbrasil.org.br/

O Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas reúne representantes de comunidades, movimentos sociais, organizações, entidades e pessoas diversas que contestam a forma como estão sendo geridos os recursos públicos e realizadas as obras visando os Jogos Olímpicos de 2016. >> http://rio.portalpopulardacopa.org.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s